Nacional

Publicidade

Nacional

Nyusi participa na cimeira da dupla tróica da SADC

O Presidente da República, Filipe Nyusi, participa terça-feira, em Gaberone, capital de Botswana, na Cimeira da Dupla Tróica da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).
©
Segundo um comunicado da Presidência da República, recebido hoje pela AIM, os Chefes de Estado vão passar em revista a situação política na região, com destaque para o Reino do Lesotho.
"Durante a Cimeira, procederão a avaliação da implementação das decisões saídas da última sessão, que teve lugar a 18 de Janeiro do presente ano, na cidade de Gaberone", acrescenta o comunicado.
O comunicado adianta ainda que o Chefe do Estado far-se-á acompanhar pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Oldemiro Balói, quadros da Presidência da República e de outras instituições do Estado.
Na última cimeira havida em Janeiro do corrente ano, o Lesotho aceitou receber o relatório produzido pela comissão de inquérito criada pela dupla Troika para averiguar as circunstâncias da morte, em 2015, do Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas daquele reino montanhoso, o brigadeiro Maarparankoe Mahao.
Inicialmente, a dupla Troika tinha decidido propor à Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da SADC suspender o Lesotho desta organização regional, pelo facto de este país ter recusado aceitar o relatório que é visto como um documento que visa ajudar a esclarecer o problema.
Contudo, o governo sutho acabou mais tarde por reconsiderar a sua posição. O relatório contém uma série de recomendações que o governo do Lesotho deveria implementar de forma a normalizar a situação no país.
A dupla Troika é composta pelos países membros do Órgão de Defesa e Segurança, designadamente Moçambique (Presidente), a República Unida da Tanzânia e a República da África do Sul, e a Troika da SADC integra o Botswana (Presidente), a Swazilândia e o Zimbabwe.


fonte:portaldogoverno