Internacional

Publicidade

Internacional

Rússia testa míssil em violação de tratado com os EUA

No que parece ser mais uma provocação de Vladimir Putin, a Rússia terá testado um míssil terra-ar que viola um tratado assinado com os Estados Unidos.
©
A Rússia terá testado um míssil terra-ar que alegadamente viola os tratados internacionais, de acordo com a CNN. O dia já tinha sido marcado pela polémica demissão de Michael Flynn, conselheiro de segurança nacional de Donald Trump, por este ter discutido as sanções à Rússia com o embaixador russo enquanto cidadão privado e depois ter escondido esse facto do vice-presidente.

A relação entre Donald Trump e a Rússia ainda nem arrancou e já está a ser testada. Ainda Trump não era Presidente e já tinha sido informado da influência da Rússia nas eleições. O FBI, a CIA e a NSA estão a investigar membros da sua campanha por alegadas relações com responsáveis russos. O seu conselheiro acabou de se demitir devido a um telefonema com o embaixador russo. Agora, Vladimir Putin está a testar mísseis, violando um tratado entre os dois países.

Nem sequer é a primeira provocação. A Rússia posicionou um navio nas águas da costa do Delaware e realizou voos perto de um navio de guerra da Marinha norte-americana.

As provocações escalaram esta terça-feira com o teste deste míssil, confirmado pela televisão norte-americana junto de um alto responsável militar norte-americano.

fonte:observador